10 dez 2019

Você sabe quais são as 3 obrigações de um escritório de contabilidade no fim do ano?

Já estamos nos últimos dias do ano, mas apesar do clima de festa, não podemos nos esquecer de que esse é um momento muito delicado para as organizações. Encerrar o exercício social é uma tarefa obrigatória para as empresas, que devem aproveitar a ocasião para realizar o planejamento financeiro e rever a sua situação patrimonial. A integração com a contabilidade se torna ainda mais intensa, já que esse é o setor responsável por apresentar todas as demonstrações contábeis e financeiras
Acontece que nem sempre os empresários sabem exatamente quais são todas as suas responsabilidades nesse período e, embora a responsabilidade pela execução dessas tarefas seja da contabilidade, é fundamental saber exatamente o que deve ser feito para monitorar o serviço e avaliar a sua qualidade. Pensando nisso, resolvemos abordar nesse post as três principais obrigações dos contadores no fim do ano. Vamos conferir cada uma delas?

Demonstrativos financeiros do exercício

O encerramento dos demonstrativos financeiros do exercício talvez seja uma das maiores responsabilidades da contabilidade nesse período, pois, além de fornecerem informações valiosas para que o empreendedor realize o seu planejamento financeiro — ou, também, o estratégico — serve para que a empresa apresente relatórios para o fisco e fique em dia com os seus tributos.

Dentre os demonstrativos, podemos destacar como principais o Balanço Patrimonial, o Demonstrativo de fluxos de caixa, o demonstrativo de lucros e prejuízos e, finalmente, a declaração de ganhos retidos. A atualização dos livros contábeis, como o Razão e o Diário, também são essenciais e, em alguns casos, obrigatória por lei. Portanto, verifique com o seu contador quais são as prioridades nessas demonstrações.

Cálculo e pagamento do décimo terceiro

A contabilidade deve participar ativamente do processo de pagamento do décimo terceiro salário, pois, além dos cálculos serem muitas vezes complicados para o empreendedor — se tornando mais difíceis à medida que a empresa cresce — existem uma série de outras obrigações acessórias que devem ser atendidas para que a organização fique em dia com o Fisco.

Embora essa seja considerada uma responsabilidade de fim de ano, é fundamental que o contador elabore todos os cálculos das despesas com décimo terceiro previamente, para que a empresa tenha dados suficientes para planejar suas finanças e sua organização interna — avaliando, por exemplo, a possibilidade de novas contratações ou de aumentos de salários para funcionários.

Planejamento estratégico

Por fim, a contabilidade é uma peça-chave na elaboração do planejamento estratégico de um empreendimento, devendo sempre estar disponível para fornecer informações para o empreendedor durante esse período. Dentre essas informações, estão, por exemplo, a determinação do modelo de tributação que será escolhido para o próximo exercício social (Simples, lucro real ou lucro presumido, por exemplo), ou a situação patrimonial.

Não devemos nos esquecer de que cada novo passo dado por uma organização pode representar uma série de despesas que normalmente passam despercebidas, como os encargos tributários. Estar ciente do cenário completo pode fazer com que a empresa tome decisões mais acuradas e, consequentemente, tenha muito mais chances de conseguir êxito nas suas investidas.

Escrito por: Regina Fernandes 
Fonte: https://capitalsocial.cnt.br/

Gostou do conteúdo?!
Então siga-nos nas Redes Sociais e fique por dentro das últimas informações.

https://www.instagram.com/rtacontcontabilidade
http://fb.me/rtacontabilidade