PIS: Pagamento já começou, mas nem todos vão receber neste ano.

  • 0

PIS: Pagamento já começou, mas nem todos vão receber neste ano.

Category : Notícias

O pagamento do abono salarial do PIS/Pasep começou a ser pago neste mês de julho, mas nem todos os trabalhadores, que contavam com o dinheiro, vão receber. O governo federal mudou a data do pagamento e muita gente vai ter que esperar até 2016. Confira o calendário de pagamentos.

No início do mês de julho, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) decidiu que metade dos benefícios do abono salarial que seriam pagos este ano só serão concedidos em 2016. A mudança segue orientação do Ministério da Fazenda, como parte do ajuste fiscal.

Em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, o mototaxista Argemiro Júnior trabalhou de janeiro a março do ano passado com carteira assinada, mas deixou o emprego e virou mototaxista. Ele tem direito ao abono de um salário, já que a renda foi menor que dois salários mínimos e também por ser cadastrado no PIS há mais de cinco anos. “Eu sempre recebia no fim do ano, mas desta vez vai ser diferente, vou receber só no ano que vem”, lamenta o mototaxista.

Todos que nasceram de janeiro a junho e que deveria receber o abono 5 sexy outfit ideas recommend to you salarial referente ao ano passado, vai ter que esperar até o ano que vem. O governo prometeu o pagamento no primeiro trimestre de 2016. Porém, quem nasceu entre os meses de julho e dezembro deve receber o abono ainda este ano.

Nos últimos 12 anos o número de trabalhadores formais saltou de 12 para 41 milhões, segundo o governo federal. O crescimento atingiu em cheio o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), de onde é retirado o abono. Aí as contas não bateram e a medida de adiar o pagamento representa uma economia de R$ 10 bilhões só este ano.

A advogada trabalhista Ana Cláudia de Souza Coelho destaca outra importante mudança que vai valer a partir de 2016. “O valor total do abono vai ser dividio pelo número de meses de trabalho, ou seja, quem trabalhar por menos tempo em 2015 deve receber menos no abono do ano que vem”, afirma a advogada. (Com G1 Globo)


Leave a Reply